16 de abr de 2007

.:. Um novo jeans .:.

Positivamente pensamos em dar um passo a frente em busca de coisas que cismou em almejar neste instante. Nada do que tenha sonhado a vida inteira, nada que tenha feito parte dos seus planos de vida, apenas algo que você cismou e é o seu norte nesse momento.

Seguir em frente requer a decisão de deixar alguma coisa pra trás. Significa mudar as prioridades, abdicar de algumas coisas. E é aí que desperta o receio de tentar algo novo. Passagens de nossas vidas muitas vezes são como um jeans velho. Cheio de histórias, rasgos, com a aparência surrada de quem viveu. E você olha para a vida como se olha pra o jeans e sente a dor de se desvencilhar dele. Com ele vai um pedacinho da sua vida, e mesmo que já não faça mais sentido guardá-lo, ainda há a lembrança do que viveu.

Mudar o rumo das coisas nos obriga a nos desprender de algo que é para torna-se. Construir, moldar-se e finalmente recomeçar tudo. Pois é, a vida é um ciclo. Muitos jeans serão rasgados porque sempre é hora de iniciar novos objetivos. Vestir-se de um novo modelo pronto para entrar em nova jornada.

Não tem nada a ver com o que viveu, pelo que passou, pelo que sentiu. Simplesmente é hora de abrir a gaveta da vida e renovar as lembranças. É hora de fazer a faxina na alma. E hora de ser feliz de um jeito diferente, nem melhor e nem pior, apenas diferente.

0 comentários:

Postar um comentário