29 de mar de 2007

.:. Seja o que é .:.

Observando as relações humanas, pontuarei uma ocasião específica: o encontro entre amigos. Um momento em que você tem o aval de não saber, necessariamente, a cotação da bolsa de valores. 

Não precisa parecer inteligente ou demonstrar-se como tal. Simplesmente você pode descarregar todos os pensamentos chulos, fúteis e em algum momento, se assim a ocasião permitir, dizer algo “inteligente”. O fato é que sempre há algo a acrescentar e isso é feito despretensiosamente.

Percebo ainda as diferentes necessidades de se fazer ouvir (como eu aqui nesse Blog). Você precisa ser ouvido! Histórias são contadas, muitas delas são “causos” que culminam em muitos risos ou, em muitas lágrimas. O ponto principal é que você pode fazer o que quiser, afinal, eles já te conhecem. Um momento sempre especial em que você pode ser o que o seu estado de espírito lhe conduz. Um momento light.

.:. Seja o que é .:.

Observando as relações humanas, pontuarei uma ocasião específica: o encontro entre amigos. Um momento em que você tem o aval de não saber, necessariamente, a cotação da bolsa de valores. 

Não precisa parecer inteligente ou demonstrar-se como tal. Simplesmente você pode descarregar todos os pensamentos chulos, fúteis e em algum momento, se assim a ocasião permitir, dizer algo “inteligente”. O fato é que sempre há algo a acrescentar e isso é feito despretensiosamente.

Percebo ainda as diferentes necessidades de se fazer ouvir (como eu aqui nesse Blog). Você precisa ser ouvido! Histórias são contadas, muitas delas são “causos” que culminam em muitos risos ou, em muitas lágrimas. O ponto principal é que você pode fazer o que quiser, afinal, eles já te conhecem. Um momento sempre especial em que você pode ser o que o seu estado de espírito lhe conduz. Um momento light.

25 de mar de 2007

.:. E Deus criou o mundo ... o começo .:.

O ser humano é um ser realmente muito engraçado...

O quê nos leva a imaginar que outras pessoas têm interesse em saber o que se passa na nossa cabeça? O quê nos faz acreditar que o que dizemos é interessante?

Escrever num blog me soa quase um “Quem te perguntou?”, afinal, o sujeito escreve qualquer coisa para ninguém, ou pior, pra todo mundo!Mas acreditamos firmemente que seremos ouvidos e funciona quase como uma terapia, um momento de reflexão do nada sobre coisa nenhuma e assim vamos falando com ninguém. Bom, eu disse que o ser humano é engraçado?Desculpe, o adjetivo é louco!

De qualquer forma, daqui por diante, estarei aqui relatando minhas observações sobre o cotidiano. Não achem que me excluirei dele! De jeito nenhum! Na verdade será uma visão de mundo de alguém tão louco quanto ele.

Estarei inserida como protagonista, coadjuvante e voyeur. Ah!Importante dizer que sou mulher, de quase trinta e munida de uma TPM que não passará batida em minhas observações, portanto, paciência.
Boa noite e se divirtam no nosso blog!

.:. E Deus criou o mundo ... o começo .:.

O ser humano é um ser realmente muito engraçado...

O quê nos leva a imaginar que outras pessoas têm interesse em saber o que se passa na nossa cabeça? O quê nos faz acreditar que o que dizemos é interessante?

Escrever num blog me soa quase um “Quem te perguntou?”, afinal, o sujeito escreve qualquer coisa para ninguém, ou pior, pra todo mundo!Mas acreditamos firmemente que seremos ouvidos e funciona quase como uma terapia, um momento de reflexão do nada sobre coisa nenhuma e assim vamos falando com ninguém. Bom, eu disse que o ser humano é engraçado?Desculpe, o adjetivo é louco!

De qualquer forma, daqui por diante, estarei aqui relatando minhas observações sobre o cotidiano. Não achem que me excluirei dele! De jeito nenhum! Na verdade será uma visão de mundo de alguém tão louco quanto ele.

Estarei inserida como protagonista, coadjuvante e voyeur. Ah!Importante dizer que sou mulher, de quase trinta e munida de uma TPM que não passará batida em minhas observações, portanto, paciência.
Boa noite e se divirtam no nosso blog!